Qual o seu lado negro?

Você sabe que eu tenho meus problemas

Sei que você também tem os seus

Segure no meu revólver, eles não estão procurando por você

Leve o que o diabo oferecer, não tenho nada a perder

Problems – Lil Peep

O ladro negro, o horror em forma de criatura. Ele se forma dentro, assusta por fora, mas existe algo que a negritude consegue fazer com aqueles que a praticam, sentem ou pensam: consome até matar. Começa com uma sensação gloriosa, aquela quando você sabe que está no comando, que ninguém mais te atinge; depois, tudo termina com sua solidão e sua intensa necessidade em atirar-se em qualquer precipício onde se atenua a vida. É com frequência que nosso lado negro nos adormece por séculos talvez, e nos acorda temporariamente. Psiquiatras e psicólogos já confirmaram isso. Podemos ser naturalmente bons, mas quando em uma situação de risco o nosso corpo, juntamente com nosso instinto automático, se adapta às situações, fazendo o que quiser com elas. É esse “fazer o que quiser” o lado negro de toda história porque, sabendo, quanto custaria o preço de sua liberdade se ela própria te conduz a beira do precipício? De repente, o precipício é o melhor lugar quando não há nenhum outro para repousar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s